Uncategorized

Monumento aos Ruaro

Monumento aos Ruaro

 

A família Ruaro foi uma das que contribuiram para o processo inicial de colonização de Toledo, com ações destacadas de Zulmiro, Alfredo e Virgínia Ruaro dentre outros.

ZULMIRO RUARO

Chefiou a primeira caravana contratada pela Colonizadora MARIPÁ, contendo 14 homens que, após 38 dias de viagem chegou a Toledo, iniciando a ocupação.

Foi ele quem escolheu o local onde se estabeleceriam as três primeiras construções, às margens do rio Toledo.

Primeiras casas de Toledo - 1946
Primeiras casas de Toledo – 1946

 

ALFREDO RUARO

Alfredo Ruaro

Nasceu em São Marcos de Caxias do Sul, em 1913, de uma família de imigrantes italianos.

Alfredo Ruaro foi um dos sócios proprietários da Colonizadora MARIPÁ e diretor administrativo no período de 1946 a 1949.

Como Diretor da Maripá, foi responsável pelo desbravamento e colonização de Toledo, juntamente com os demais pioneiros que chegaram a partir de 1946.

s04
Escritório da Colonizadora Maripá, em 1950

Ficou conhecido como o “Fundador de Cidades”, por contribuir na formação de vários municípios no oeste paranaense, como Toledo, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Oeste, Medianeira, Matelândia, Céu Azul e Palotina.

12143303_1043823122316274_5074979942312615310_n

Atuou ativamente na estruturação inicial da Cila Toledo, auxiliando na construção de imóveis, serviços de energia, hortas, tanques comunitários para lavagem de roupas e na vinda do Padre Antônio Patuí e das Irmãs Vicentinas.

Concluída a etapa de empreendedor no Oeste do Paraná, Alfredo iniciou um trabalho missionário, com a criação da “Missão Nossa – Livrarias Católicas”,  que inaugurou várias lojas em diversas localidades.

Foi condecorado Cidadão Honorário de Toledo, em 11 de dezembro de 2008.

Faleceu na madrugada de 03 de outubro de 2015, aos 102 anos de idade.

Tem sua biografia contada em duas obras: “O Alvorecer de Toledo no Oeste do Paraná” e “Alfredo Paschoal Ruaro Fundador de Cidades”,  de autoria de Marcelo Grondin.

VIRGÍNIA DRAGO RUARO

noticias_54aad52f94bf4 (1)

Nasceu em 8 de julho de 1914, em Caixias do Sul – RS.

Era esposa de Zulmiro Ruaro, e viveu em Toledo de 1946 a 1950.

Pioneira de Toledo e Francisco Beltrão, Vergínia Ruaro viveu mais de 100 anos

Aos 32 anos de idade, se tornou a primeira mulher a chegar ao acampamento do Pouso Toledo, para se estabelecer na futura vila.

Além de realizar seus tradicionais papéis de dona-de-casa, esposa e mãe em seu próprio lar, assumiu a alimentação de todos os trabalhadores encarregados de abrir picadas e estradas.

Em 1950, com uma nova frente de trabalho para o marido, foram residir em (Marrecas) Francisco Beltrão/PR.

Faleceu no dia 04 de janeiro de 2005, aos 100 anos.


PESQUISA:

Geissiely Alice dos Santos Nunes

Maisa Santos de Souza

Stefani Sabrina Aragão

Giovani Marcos Bernini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.